Carregando...

...Anorexia e Bulimia...

quarta-feira, 25 de junho de 2008


Ninguem gosta de ver isto, pois não!!!



Se querer ter a pretensão ou algo parecido, hoje falarei sobre estas duas graves doenças relacionadas à alimentação. Para escrever sobre este tema fui o mais cuidadosa possível, querendo transmitir informações pertinentes e relevantes àqueles que se encontram em um planejamento alimentar e também aos que não estão.
Para começar a falar sobre estes dois distúrbios alimentares, é necessário muito critério e seriedade.
Tanto um como outro são motivos de muitos estudos por parte da comunidade médica mundial.
A Organização Mundial da Saúde os classifica como "Transtornos da Conduta Alimentar", "Transtornos Mentais e do Comportamento".
Mas, o que são? A Anorexia Nervosa é uma enfermidade mental que consiste em uma perda voluntária do peso por desejo PATOLÓGICO em emagrecer e um intenso temor à obesidade.
O emagrecimento é conseguido com uma redução drástica da alimentação, exercícios físicos excessivos, utilização ( sem critério ou orientação médica ) de medicamentos que inibem o apetite, laxantes, diuréticos e também pela provocação de vômitos.
Quando atingi um nível de peso, geralmente abaixo do ideal, a pessoa não consegue se ver magra e também não consegue comer mesmo que em quantidades reduzidas.
Há uma intolerância do organismo em não aceitar alimentos e uma imagem corporal distorcida da realidade pelo psíquico. 

É classificada como uma Patologia Psiquiátrica e não tem uma única causa.
Existem elementos biológicos, psicológicos e sociais predispostos ou não, que poderão desencadear este tipo de patologia; como interagem entre si é muito difícil apontar uma única causa.
Geralmente as pessoas que se acometem desta enfermidade são mulheres e jovens com idades entre 14 e 18 anos.
Por se encontrarem em uma fase muito delicada do crescimento, (onde a aceitação social muitas vezes está associada à imagem corporal, problemas existencialistas, hormonais) esta parcela da população está mais exposta e sujeita a tal manifestação patológica.
Como a Anorexia leva à desnutrição, esta pode provocar transtornos mentais que reforçam o desejo de continuar emagrecendo, instalando-se desta maneira um terrível círculo vicioso psíquico que é muito difícil de controlar.
Sinais e sintomas de desnutrição: 

-Perda de peso acentuada -Parar de crescer ( se está em fase de crescimento ) -Menstruação escassa ou irregular, ou até a suspensão da mesma -Pele seca -Palidez-Tonturas -Queda de cabelo -Sensações alternadas de satisfação e "peso" após comer.
Sintomas psíquicos:
-Alteração de humor-Irritabilidade -Ansiedade -Tristeza -Desânimo -Tendência ao isolamento da família e amigos -Desinteresse geral.
É necessário uma conscientização sobre esta enfermidade pois se tratada adequadamente com auxílio médico, medicamentoso e psicoterapêutico os prognósticos são muito favoráveis. Espero ter colaborado e para a próxima semana vamos falar sobre a Bulimia.




Adolescentes e jovens
sustentam que condições anoréxicas ou bulímicas são um estilo de vida e não uma
doença
.



A preocupação exagerada com o peso corporal, que pode provoca
r problemas graves a nível psicológicos . Acontece normalmente na mulheres jovens, embora comece a aparecer também nos homens.
É verdade que estas doenças podem ter origem no "código genético" mas grande parte é uma forma de as jovens serem aceites pela sociedade, porque esta sociedade impõe um estereotipo para entrares nela, e normalmente o padrão de beleza é o mais requisitado , então as jovens tendem a emagrecer exageradamente para serem aceites na sociedade, para serem modelos e se tornarem famosas. Para o seu tratamento muitas vezes é preciso serem internadas e controladas por nutricionionistas e psicologos.Felizmente as agencias de modelos começam a pedir modelos com peso já mais normal e não modelos extremamente magras, é já um modo de combater estas doenças!



Acham que vale a pena destruir o próprio corpo para serem
aceitos na sociedade??



"A corrida desenfreada para as academias de ginástica e para a medicina estética, o uso de produtos dietéticos para emagrecer, a anorexia e a bulimia, revelam uma espécie de “ditadura da beleza” à qual a maioria das mulheres se condiciona em busca de um corpo “perfeito”. Antes considerada um atributo da natureza, a beleza passou a ser encarada como uma questão de “conquista” e, nesta lógica, é necessário investir muito dinheiro e tempo a fim de se alcançar a aprovação da sociedade.A beleza, ou melhor, a feiúra, acabou gerando um lucrativo mercado no mundo capitalista. Com muita propriedade, a escritora americana Noemi Volf afirma, em seu livro O mito da beleza, que a beleza é um sistema monetário assim como o ouro. É o último e o melhor sistema de crenças que mantém a dominação masculina intacta. Assim, o capitalismo usa as mulheres ‘bonitas’ como isca para a venda dos seus produtos, lucrando com a discriminação das consideradas ‘feias’ que buscam o maior número de produtos possíveis para compensarem sua ‘feiúra’.” ....
Embora as mulheres, ao longo de muitos anos, com muita luta e persistência, tenham conquistado direitos e se afirmado em vários espaços da sociedade, lamentavelmente, ainda é “normal” continuarmos sendo vistas e consideradas pelos contornos físicos de nossos corpos, o que evidencia um empobrecimento da capacidade de olhar o ser humano. Como afirma Maria Rita Kehl, “a maior beleza está no corpo livre, desinibido em seu jeito de ser, gracioso porque todo ser vivo é gracioso quando não vive oprimido e com medo. É a livre expressão de nossos humores, desejos e odores; é o fim da culpa e do medo que sentimos pela nossa sensualidade natural; é a conquista do direito e da coragem a uma vida afetiva mais satisfatória; é a liberdade, a ternura e a autoconfiança que nos tornarão belas. É essa a beleza fundamental.”
Hoje trouxe uma imagem chocante do que ralmente é a anorexia e a bulimia.As imagens acima estao em quase todos os sites e blogs de moda pelo mundo afora.
Quando se fala em moda,estilo e beleza,muitas pessoas ja se preocupam com as formas do corpo.Beleza nada tem a ver com magreza e muito menos a exagerada,aquela que foge dos padroes saudáveis.Mulher de verdade é aquela que tem conteudo e se preocupa sim com a aparencia,mas tem estilo e sabe ser feliz do jeito que vaeio ao mundo.
Não sou hipócrita,por isso sei que o mundo impõe certos padrões,principalmente para as mulheres.
Ser saudável ta na moda sabia?
Pense nisso!!!
Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.